Goleiro do PSG dá de cara com ladrão ao voltar para casa após jogo

O pós jogo foi um pouco incomum para o goleiro reserva do PSG. O espanhol Sergio Rico, de 29 anos, chegou ao seu apartamento depois da partida entre PSG e Auxerre, no último domingo, pelo Campeonato Francês, e deu de cara com um criminoso que estava assaltando sua casa, segundo o jornal francês Le Parisien.

No momento em que chegou em casa, Sergio Rico não se desesperou e ele mesmo tentou encurralar o assaltante. O ladrão, no entanto, fugiu de mãos vazias, mas esqueceu sua mochila com seus pertences pessoais dentro do apartamento do goleiro.

Os investigadores do primeiro distrito de polícia judiciária, que estavam procurando pistas sobre o assaltante para continuar as investigações sobre o roubo de oportunismo, receberam o melhor vestígio de DNA possível.

Esta não é a primeira vez que algum jogador do PSG é assaltado durante uma partida. O próprio Sergio Rico já havia sido alvo em janeiro de 2021, quando morava em Neuilly-sur-Seine. Em março do mesmo ano foi a vez de Di Maria ser vítima, com os ladrões saindo de sua casa com cerca de 500 mil euros (Cerca de R$ 2,7 milhões, na cotação atual) em relógios e jóias.

O Paris Saint-Germain contratou em definitivo o goleiro Sergio Rico em 2020, após o período de empréstimo cedido pelo Sevilla. Seu contrato vai até junho de 2024 com os parisienses.