Após ostentação, golpista que já clonou cartão de Xuxa é preso por fraude de R$ 200 mil

·1 min de leitura
Homem que ostentava nas redes é preso em Jericoacoara por fraude de R$ 200 mil - Foto: Reprodução
Homem que ostentava nas redes é preso em Jericoacoara por fraude de R$ 200 mil - Foto: Reprodução

Foram presos, nesta quarta-feira, em um avião no aeroporto de Jericoacoara, a 370 km de Fortaleza, Artur Franklin de Sousa Lima, 32 anos e sua namorada Klanna Ivy Cunha Amorim, de 21 anos, ambos alvo de uma operação das polícias do Ceará e São Paulo que investiga fraudes contra instituições financeiras com prejuízo superior a R$ 200 mil.

Com os suspeitos foram encontrados documentos falsos, diversos cartões bancários e R$9 mil em dinheiro. Duas armas de fogo, sendo um revólver e uma pistola, também foram apreendidos pelos policiais.

Segundo a Polícia Civil, o casal foi alvo da operação na última segunda-feira (20), mas conseguiu fugir de Fortaleza para Jijoca de Jericoacoara e de lá planejavam fugir para São Paulo.

Artur já havia clonado o cartão de crédito da apresentadora Maria das Graças Meneghel, a Xuxa, em outubro de 2008.

Em 2017, Artur esteve envolvido em uma outra operação, onde a Polícia Federal do Ceará, investigava uma quadrilha que invadia contas de bancos e usava dinheiro com farras e ostentação. E neste mesmo ano foi preso pela Polícia Federal por crime cibernético, fraude e formação de quadrilha.

O casal foi conduzido para a Delegacia de Acaraú, distante 62 km do aeroporto de Jericoacoara, onde foi autuado por uso de documento falso, além de ser dado cumprimento dos mandados de prisão abertos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos