Golpistas ateiam fogo em trecho da Marginal Tietê, e PM desbloqueia via em SP

Apoiadores radicais do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) bloquearam a Marginal Tietê, no início da manhã desta segunda-feira, com entulhos e pneus. Esta é a via expressa mais importante da cidade de São Paulo, responsável por interligar diversos bairros e se conectar a rodovias. A ação, que impediu a passagem de veículos, se deu um dia após os atos terroristas na sede dos Três Poderes, em Brasília, neste domingo, e foi desbloqueada pela Polícia Militar. As manifestações extremistas são lideradas por pessoas contrárias à eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O bloqueio começou às 5h40min e a pista foi completamente liberada às 07h58.

Acompanhe ao vivo: bolsonaristas radicais invadem Congresso, Planalto e STF, sedes dos Três Poderes, em Brasília

Na Câmara e no Senado: parlamentares vão propor CPI para apurar atos de terrorismo

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), que gerencia o trânsito na capital, o bloqueio na Marginal, na altura da Ponte dos Remédios, foi o único registrado em São Paulo. A CET afirmou que não tem informações sobre os autores do bloqueio.

Internautas compartilharam fotos e vídeos da via obstruída nas redes sociais. Em imagens publicadas no Twitter, é possível ver carros na contramão tentando driblar os bloqueios no trânsito. Segundo os relatos, a situação ficou pior para os motoristas que chegavam da Avenida Presidente Castelo Branco, com sentido à capital.