Gols, opções fora e dúvida no ataque: como foi a última chance de jogadores que podem ser convocados por Tite

Tite anuncia nesta segunda, às 13h, os 26 nomes escolhidos para representar o Brasil na Copa do Mundo do Catar. Na última chance antes da convocação do treinador da seleção, jogadores que estarão na lista balançaram as redes e outros nem entraram em campo, mas a dúvida permanece principalmente no ataque.

A treze dias da Copa, o final de semana foi a última vez em que os jogadores que podem ser convocados por Tite tentaram convencê-lo de ouvir seus nomes na lista de 26 escolhidos para vestir a camisa da Seleção e buscar o hexa no Catar.

Quem foi bem

Assim como costuma ser com a Amarelinha, Neymar foi o destaque brasileiro do fim de semana. O camisa 10 fez um gol e deu o passe para o outro, de Danilo, na vitória do PSG por 2 a 1 sobre o Lorient no Campeonato Francês. Além disso, deu um show de dribles e passes espetaculares. Se os companheiros acompanhassem sua tarde inspirada, o Paris Saint-Germain golearia fora de casa. Capitão do time, Marquinhos teve boa atuação.

Quem também balançou as redes foi Gabriel Magalhães. O zagueiro do Arsenal marcou o gol da vitória no clássico londrino contra o Chelsea de Thiago Silva.

Seus números são impressionantes, e desde que chegou à Premier League, seus nove gols lhe colocam como o zagueiro que mais marcou na Inglaterra e o jogador que mais balançou as redes em escanteios, à frente até do artilheiro Harry Kane, do rival Tottenham. Se a última chance for levada em conta, o defensor de 24 anos, formado no Avaí, foi o grande vencedor do final de semana.

A partida, entretanto, não tirou todas as dúvidas de Tite. No ataque, Gabriel Jesus, que deve estar na lista, teve boa atuação, assim como Martinelli, que corre por fora.

- Fico nervoso, sendo Copa do Mundo, tive a honra de já disputar uma e lembro como se fosse hoje da vez que ouvi meu nome. Estava no ônibus comemorando o título com o Manchester City e me emocionei muito. Amanhã será um dia de muita emoção. O que está ao meu alcance tento fazer. Independente de qualquer coisa vou torcer pelo Brasil - disse Jesus à ESPN.

Martinelli está em disputa com Firmino, que também foi bem na vitória do Liverpool fora de casa, por 2 a 1, sobre o Tottenham, em Londres. Se não marcou gols nem deu assistência, mais uma vez o brasileiro foi peça importante do time de Jurgen Klopp atuando em diferentes funções.

- Estou tranquilo em relação a isso. Faço o que posso pelo Arsenal e o resto é com o Tite. Se estiver na lista, ficarei muito feliz, se não estiver terão outras Copas do Mundo pela frente - disse Martinelli, que preferiu não arriscar o percentual de suas chances em entrevista à ESPN.

Outras boas notícias vieram da Inglaterra: Bruno Guimarães também balançou as redes e transformou a vitória do Newcastle sobre o Southampton, fora de casa, em uma goleada por 4 a 1. Fabinho também foi muito bem na vitória do Liverpool sobre o Tottenham fora de casa. Consolidada como opções de banco de reservas de Tite, a dupla estará na lista de 26 convocados para o Catar.

Em sua posição, Douglas Luiz voltou a ser titular no Aston Villa com Unai Emery, e foi muito bem na vitória de sua equipe por 3 a 1 sobre o Manchester United, em Birmingham, que trouxe surpresas ruins para Tite. Em Londres, o West Ham de Paquetá perdeu para o Crystal Palace, mas o meia, titular da seleção, se mostrou totalmente recuperado da lesão sofrida no ombro.

Na Itália, Bremer também voltou de lesão e foi titular da Juventus no Derby D'Itália contra a Internazionale de Milão. Boa notícia: ele conseguiu atuar durante os 90 minutos. Assim como a dupla de laterais Danilo e Alex Sandro. O primeiro chegou a marcar um gol, mas o tento foi invalidado pela arbitragem.

Já na Espanha, Alex Telles iniciou no banco de reservas. Mas entrou em campo no começo do segundo tempo e iniciou a jogada do gol do Bétis no empate em 1 a 1 com o Sevilla.

Ausências sentidas

Se esperava ver brasileiros em Aston Villa x Manchester United, a comissão técnica da seleção deve ter ficado surpresa desde a relação de atletas convocados pelos treinadores. Se Douglas Luiz voltou a ser preponderante no time da casa, Philippe Coutinho nem sequer foi chamado para o banco. Lesionado, ele está fora da Copa do Mundo.

No mesmo jogo, o volante Fred, titular de Tite, não saiu do banco de reservas. O holandês Erik Ten Hag tem preterido o brasileiro. Ainda nos Red Devils, Casemiro foi titular e fez bom jogo, mas Antony nem sequer viajou. Desde que virou polêmica na Inglaterra por dribles, ele desfalcou o United em três jogos seguidos, sem nenhuma informação de lesão por parte do clube.

Quem também não foi a campo mas deve estar na lista é Richarlison, ainda em recuperação de lesão na panturrilha esquerda. O jogador viu o Tottenham ser derrotado em casa pelo Liverpool.

Titulares do Flamengo como Everton Ribeiro, Pedro e Gabigol nem viajaram para Curitiba, onde o Flamengo perdeu para o Coritiba no Couto Pereira. O trio pode estar na lista, com mais chance para os dois primeiros, que, entretanto, não se apresentaram na última chance antes da convocação.

Quem foi mal

Se a última chance tiver influência direta na convocação, Ibañez não estará na lista de 26 nomes. O zagueiro da Roma teve uma falha clamorosa no Derby Della Capitale que culminou no gol do também brasileiro Felipe Anderson, que deu a vitória à Lazio no Estádio Olímpico de Roma.

Embora seja titular da seleção e uma certeza da lista de Tite, Raphinha foi para a reserva e jogou poucos minutos na vitória do Barcelona sobre o Almería, sábado.

Na Espanha, outro jogador continuou em sua má fase: Matheus Cunha, do Atlético de Madrid, que entrou no segundo tempo na vaga de Morata e mais uma vez não marcou gols. Ele não balança as redes desde maio.