Google anuncia o fim do Hangouts para novembro

A partir desta semana, as pessoas que usam o Hangouts em dispositivos móveis verão uma tela no aplicativo solicitando que migrem para o Chat no Gmail ou no aplicativo (Igor Golovniov/SOPA Images)
A partir desta semana, as pessoas que usam o Hangouts em dispositivos móveis verão uma tela no aplicativo solicitando que migrem para o Chat no Gmail ou no aplicativo (Igor Golovniov/SOPA Images)
  • Usuários do Hangouts devem migrar para o Chat

  • Google afirmou que seu novo aplicativo de conversas possibilitará edições e compartilhamento de ideias

  • Em julho, as pessoas que usam o Hangouts no Gmail na Web serão direcionadas para o Chat no Gmail

Depois de vários rumores sobre seu fim, o Hangouts finalmente será encerrado em novembro. Em anúncio publicado no site oficial, o Google afirmou que os usuários já podem começar a migrar para o Chat, que está com recursos mais modernos e integrado com outros produtos.

"A migração para o Google Chat abre novas e melhores maneiras de se conectar. Por exemplo, os usuários podem editar Documentos, Apresentações ou Planilhas com edição lado a lado, facilitando a colaboração enquanto continua a conversa. O Google Chat também inclui o Spaces, um local dedicado para colaboração baseada em tópicos. Grupos e equipes podem compartilhar ideias, trabalhar em documentos e gerenciar arquivos e tarefas, tudo em um único local. Além disso, a nova visualização integrada do Gmail facilita o uso do Chat junto com sua caixa de entrada do Gmail, Spaces e Meet", informa o Google.

A partir desta semana, as pessoas que usam o Hangouts em dispositivos móveis verão uma tela no aplicativo solicitando que migrem para o Chat no Gmail ou no aplicativo. Da mesma forma, quem usa a extensão do Hangouts para o Chrome terá que migrar para o Chat na Web ou instalar o aplicativo. Em julho, as pessoas que usam o Hangouts no Gmail na Web serão direcionadas para o Chat no Gmail.

Evoluções dos apps de conversas

Em maio, o WhatsApp anunciou que deve ganhar um recurso que permitirá que os usuários filtrem quais conversas querem que apareçam na tela inicial do aplicativo. Dessa forma, seria possível visualizar somente os chats não lidos, por exemplo.

Em junho, o Telegram lançou sua versão premium no Brasil. Os benefícios incluem uploads de arquivos de até 4 GB, downloads mais rápidos, adesivos e reações exclusivas. O valor da assinatura é de R$ 24,90.

A nova versão do aplicativo de conversas possibilita que seus assinantes criem até mil canais, 20 pastas de chat com até 200 conversas cada, adicionem uma quarta conta, fixem 10 chats, salvem 10 stickers favoritos, elaborem bios mais longas e tenham até 400 GIFs favoritos e 20 links públicos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos