Google decide fechar estúdio de filmes em RV Spotlight Stories

Rafael Arbulu

O estúdio Spotlight Stories, especializado na criação de filmes em realidade virtual (RV), terá suas portas fechadas pela proprietária Google. Sem listar as razões que a levaram a tomar a decisão, a gigante da internet já vinha recomendando que os profissionais do estúdio procurassem por outras posições abertas — dentro e fora da empresa.

Via e-mail, a diretora do estúdio, Karen Dufilho, confirmou a notícia: “O estúdio Google Spotlight Stories está fechando suas portas depois de seis anos criando histórias e colocando-as em smartphones, telões, VR e onde mais nós pudéssemos estar”. Em um comunicado enviado à Variety americana, a Google reforçou a informação:

“Desde a sua criação, o Spotlight Stores batalhou para reinventar o storytelling via RV. Desde curtas ambiciosos como ‘Son of Jaguar,’ ‘Sonaria’ e ‘Back to The Moon’ até o deleito crítico em ‘Pearl’ (vencedor de um Emmy e o primeiro filme em RV indicado ao Oscar), a equipe do Spotlight Stories deixou um impacto duradouro na contagem imersiva de histórias. Estamos orgulhosos do trabalho que eles desenvolveram ao longo destes anos”.

Poster de divulgação de "Pearl", filme em VR produzido pelo estúdio Spotlight Stories e que ganhou um Emmy além de ser indicado ao Oscar (Imagem: Divulgação/Google)

O Spotlight Stories é uma das inúmeras empreitadas que compõem o “Google ATAP” (Advanced Technology and Projects), do qual também fazem parte projetos como o Ara (sobre smartphones modulares) e o Tango (sobre geolocalização sem a necessidade de um GPS). Ele nasceu como um projeto da Motorola, quando a Google detinha a propriedade da empresa, mas ficou com a gigante da internet após esta vender as propriedades da Motorola à Lenovo.

Além da diretora Dufilho, a equipe do estúdio também contava com Jan Pinkava e Justin Lin, que fãs reconhecerão como o diretor de diversos filmes da franquia Velozes & Furiosos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: