Google demite engenheiro por 'denunciar' consciência de inteligência artificial

Em junho, o ex-funcionário afirmou que uma inteligência artificial (IA) do Google conhecida por LamDA teria se tornado autoconsciente. Foto: Getty Images.
Em junho, o ex-funcionário afirmou que uma inteligência artificial (IA) do Google conhecida por LamDA teria se tornado autoconsciente. Foto: Getty Images.
  • Google demitiu o engenheiro de software que disse que inteligência artificial teria autoconsciência;

  • Em junho, o ex-funcionário afirmou que uma inteligência artificial (IA) da empresa conhecida por LamDA teria se tornado autoconsciente;

  • O engenheiro disse na sexta-feira (22) que a companhia enviou um e-mail rescindindo seu contrato de trabalho.

O Google comunicou na última sexta-feira (22) a demissão de Blake Lemoine, o engenheiro de software que havia sido afastado por afirmar, no começo de junho, que o sistema de inteligência artificial LaMDA (Modelo de Linguagem para Aplicações de Diálogo, na sigla em inglês) da empresa teria 'consciência' própria.

“É lamentável que, apesar do longo envolvimento neste tópico, Blake ainda tenha optado por violar persistentemente as políticas de emprego e segurança de dados que incluem a necessidade de proteger as informações do produto”, disse um porta-voz do Google em de nota para a agência de notícias britânica Reuters.

Leia também:

Na sexta-feira, Lemoine afirmou que a companhia enviou um e-mail rescindindo seu contrato de trabalho. Ele também disse que está em contato com advogados para saber "quais são os próximos passos apropriados".

Em 2021, a companhia afirmou que o LaMDA foi desenvolvido em cima de modelos de linguagem que permitem aprender e falar sobre qualquer tema.

O ex-funcionário disse que a ferramenta de chatbots teriam demonstrado indícios apontando para um estado de autoconsciência.

Contudo, a companhia e cientistas já afirmaram que a opinião de Lemoine é equivocada. Ambos afirmaram que o LamDA é apenas um algoritmo complexo, desenvolvido para criar interações convincentes em linguagem humana.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos