Google vai cobrar vacinação contra Covid-19 de funcionários nos EUA para acesso a escritórios

·1 minuto de leitura
Sede do Google em Mountain View, na Califórnia

BENGALURU, Índia (Reuters) - O Google anunciou nesta quarta-feira que vai cobrar dos funcionários nos Estados Unidos comprovante de vacinação contra a Covid-19 para poderem acessar escritórios da empresa.

A companhia afirmou que vai expandir a medida para outras regiões nos próximos meses.

A empresa também afirmou que vai ampliar a política de trabalho remoto para até 18 de outubro por causa do recente salto no número de casos de Covid-19 em diferentes regiões causado pela variante Delta do vírus.

"Vamos continuar observando os dados com cuidado e vamos avisar com pelo menos 30 dias de antecedência antes de fazermos a transição para nosso retorno pleno aos escritórios", afirmou a companhia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos