Governador do Amazonas pede apoio da Força Nacional para reforçar a segurança em Manaus

·2 minuto de leitura

RIO - Após uma onda de ataques criminosos em Manaus, o governador Wilson Lima pediu ao Ministério da Justiça o envio de tropas da Força Nacional para reforçar a segurança no Amazonas, nesta segunda-feira.

"Ontem à noite formalizei pedido ao Ministério da Justiça para o envio de homens da Força Nacional ao Amazonas. O objetivo é que reforcem o trabalho das forças de segurança do Estado, que atuam no combate aos atos de vandalismo que têm acontecido nas últimas horas", escreveu nas redes sociais.

Em entrevista para imprensa, Wilson Lima informou que já conversou com o ministro-chefe da Casa Civil do Governo Federal, general Luiz Ramos, para informar sobre a situação no Amazonas e o trabalho que está sendo feito pelas forças de segurança.

Os ataques iniciaram após a morte de um traficante em confronto com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, a ordem de depredação partiu de dentro de um presídio por membros do mesmo grupo criminoso. O policiamento segue reforçado em Manaus e Região Metropolitana.

– Nós triplicamos, hoje, a quantidade de policiais nas ruas e estamos montando barreiras em locais estratégicos. Já estamos trabalhando com nosso pessoal da investigação e já identificamos alguns possíveis mandantes. Quatorze pessoas já foram presas, dentre elas um dos líderes desses ataques coordenados na cidade de Manaus, no município de Parintins e também no Careiro Castanho – disse o governador em entrevista coletiva.

Prisões

Segundo a delegada geral da PC-AM, Emília Ferraz, 13 pessoas presas estavam diretamente envolvidas nos atos de vandalismo e um foi identificado como um dos mandantes das ações realizados na região do bairro da Redenção, zona sul de Manaus.

Até o início da noite, foram registrados incêndios em 21 veículos, em quatro agências bancárias, um comércio, um em via pública e no Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do bairro do Educandos, zona sul de Manaus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos