Trump cita troca de cerca na fronteira para dizer que obras do muro começaram

Washington, 29 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira que a construção do seu prometido muro com o México tinham começado, mas o projeto citado por ele fazem parte de um plano substituição de cercas na fronteira da Califórnia, aprovado antes mesmo da campanha de 2016.

Em um discurso na cidade de Richfield, no estado de Ohio, Trump falou sobre o muro para um grupo de trabalhadores, garantindo que aquele era o início das obras, que começaram graças aos US$ 1,6 bilhão liberados pelo Congresso no orçamento recém-aprovado.

"Começamos a construir nosso muro. Estou muito orgulhoso disso", disse Trump, antes de citar fotos que ele próprio compartilhou ontem no Twitter. As imagens mostram, no entanto, uma cerca.

"As pessoas perguntaram se eu tinha me rendido. Não, eu nunca me rendo. Agora temos US$ 1,6 bilhões. (...) E elas viram essas belas imagens. O muro está bem projetado. É isso o que eu faço, construir. Sempre fui muito bom construindo. Acho que sou melhor construindo do que sendo presidente", completou Trump no discurso.

O projeto citado por Trump, no entanto, é uma substituição da cerca instalada em Calexico, na Califórnia, um projeto lançado em 2009. A própria secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, esclareceu o caso no Twitter. O Escritório de Alfândegas e Proteição de Fronteiras disse em comunicado que a substituição da cerca começou há um mês, antes de o Congresso aprovar o orçamento.

Além disso, a verba aprovada pelo Congresso para ampliar a barreira que separa os EUA do México tem várias restrições. Trum, por exemplo, não poderá erguer um muro de concreto. EFE