Rajoy vê como prioridade "minimizar incerteza" provocada pelo Brexit

Valletta, 29 mar (EFE).- O presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, apontou nesta quarta-feira que sua prioridade na negociação com o Reino Unido por sua saída da União Europeia (UE) deve ser a de "minimizar a incerteza criada" por esta decisão, tanto nos cidadãos como nas empresas.

Em entrevista coletiva conjunta com o primeiro-ministro maltês, Joseph Muscat, Rajoy quis enviar uma mensagem de "tranquilidade, confiança e serenidade" a todos os cidadãos espanhóis que vivem no Reino Unido e a todos os britânicos que vivem na Espanha, assim como às empresas que atuam em ambos os países.

O governo espanhol, ressaltou Rajoy, defenderá os interesses da Espanha nesta negociação, na qual espera que se chegue a um acordo "equilibrado", mas ao mesmo tempo que haja avanço na integração da UE.

Em sua primeira avaliação após a ativação do Brexit, o chefe do governo espanhol destacou que a partir de agora a Europa "tem de passar por um processo de integração mais acentuado", e confiou que, após este processo, as futuras relações entre a UE e o Reino Unido serão "boas".

O objetivo do governo espanhol e de "qualquer governo que se preze" é que "nenhum cidadão nem empresa que exporte, importe ou invista" no Reino Unido sejam afetados por estas decisões, disse Rajoy, dando ênfase na necessidade que se garantir os serviços sociais essenciais. EFE