Governador ucraniano oferece recompensa de US$ 100 para quem denunciar colaboradores russos

O governador da região de Mykolaiv, cuja capital de mesmo nome está sob constante bombardeio no Sul da Ucrânia, anunciou nesta terça-feira uma recompensa de US$ 100 (cerca de R$ 530) para quem ajudar a identificar colaboradores russos.

Velhos problemas: Novos altos funcionários do governo da Ucrânia são acusados de laços com suspeitos de corrupção

Pressão digital: Rússia anuncia multa de US$ 360 milhões ao Google por conteúdos sobre a Ucrânia

Em um comunicado feito em sua conta no Telegram, o governador Vitali Kim convida os cidadãos a fornecerem informações sobre "os que indicam aos ocupantes em quais lugares estão instaladas as tropas ucranianas", ou os ajudam a estabelecer coordenadas para possíveis alvos de bombardeio.

"Após verificação detalhada e a confirmação das informações dadas, receberão uma bonificação de US$ 100", escreveu o governador.

Entrevista: ‘O público europeu está cansado da guerra na Ucrânia’, diz estudioso das relações entre Rússia e Ocidente

Kim indica também ter considerado "fechar" a cidade de Mykolaiv durante alguns dias, a fim de neutralizar os traidores e colaboradores dos russos.

"Queremos acabar com isso. Estamos considerando medidas em relação ao cessar-fogo. Temos um banco de dados importante. Fecharemos a cidade por alguns dias, bateremos na porta das pessoas más", disse ao veículo Khodorkovsky, em transmissão ao vivo.

Nas salas de aula: Com doutrinação nas escolas, Putin tenta conquistar nova geração de apoiadores

Essas declarações surgem depois de o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, demitir os chefes dos serviço de segurança interno (SBU) e da Procuradoria Geral por seus esforços oonsiderados insuficientes na luta contra os espiões russos e colaboradores de Moscou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos