Governadores se reúnem com Pazuello e cobram plano nacional de imunização

·2 minuto de leitura

BRASÍLIA - Governadores participam nesta terça-feira de reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para tratar da compra de vacinas contra a Covid-19. Eles criticam a falta de coordenação do governo e cobram a compra de vacinas e um plano nacional de imunização para o país.

Na chegada, Wellington Dias, governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, disse que a posição dos governadores é "colocar a vida em primeiro lugar" e é obrigação "a união de todos" para um plano nacional . Ele defendeu que o Congresso aprove a liberação de recursos para vacina e também um plano estratégico.

- Não temos restrição a nenhuma vacina. A vacina está autorizada, segura, tem eficiência , essa é a vacina boa para os brasileiros. Segundo, um plano nacional de imunização, comprada com dinheiro do povo brasileiro para todo o Brasil. Terceiro, garantir um cronograma. O que entrega em dezembro, em janeiro, em fevereiro, em março? O ideal é se a gente tiver todos os laboratórios produzindo vacina para o Brasil para que a possamos o mais rapidamente sair da crise - afirmou, completando:

- Se um estado começar isoladamente a fazer vacinação, o Brasil inteiro vai correr para lá. Vai ter uma situação gravíssima. Ou seja, tem que pensar em um plano nacional. O Butantan é de São Paulo, mas o Butantan é do Brasil. Há necessidade de que a gente garanta as condições de ter um calendário de vacinação único no Brasil.

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, destacou a importância de que o governo federal estabeleça um cronograma claro para a vacinação.

- Cabe ao governo federal coordenar essa estratégia nacional do PNI. É disso que se trata nossa audiência aqui hoje, sem prejuízo de outras iniciativas como a do governo de São Paulo, do Instituto Butantan, todas as iniciativas são válidas, são bem-vindas. Mas o que o Brasil espera é uma posição clara do governo federal tendo em vista que cabe a ele coordenar toda essa estratégia a nível nacional. Precisamos de calendário, de data, precisamos desse programa definido - disse.

Cinco governadores estão presentes no encontro que está sendo realizado no Palácio do Planalto, mas a maioria participa por videoconferência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos