Coronavírus: Governo vai usar dados de celulares para controlar aglomerações

(Foto: Getty Images)

O governo federal anunciou que irá usar dados de geolocalização de celulares para enfrentar a pandemia do novo coronavírus

As operadores Algar, Claro, Oi, Tim e Vivo vão fornecer esses dados para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Ainda não há data para começar esse monitoramento.

Leia também

O ministro Marcos Pontes havia postado no Twitter vídeo explicando essa nova prática, mas depois o apagou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo o sindicato das teles, as informações irão para uma nuvem pública, mas não será possível identificar a pessoal que está se deslocando.

O objetivo é monitorar a mobilidade da população, pontos de concentração de pessoas e risco de contaminação pelo novo coronavírus.

As cinco empresas que irão participar do programa respondem por 97,8% dos acessos móveis do Brasil.

A Coreia do Sul, país bastante elogiado no combate ao coronavírus, fez um grande programa de rastreamento de contaminadas pela covid-19. Lá, as autoridades entram em contato com pessoas e locais que estiveram na “trilha” dos infectados.