Governo antecipa 7 milhões de doses de vacina Pfizer para julho

·1 minuto de leitura
Antes, a previsão de suprimento desse imunizante ao Brasil era de 8 milhões de doses no próximo mês. REUTERS/Dado Ruvic/Illustration
Antes, a previsão de suprimento desse imunizante ao Brasil era de 8 milhões de doses no próximo mês. REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga anunciou, nesta quarta-feira (16), a antecipação de 7 milhões de doses da vacina contra Covid-19 do laboratório norte-americano Pfizer até julho. Antes, a previsão de suprimento desse imunizante ao Brasil era de 8 milhões de doses no próximo mês. "Após conversas com a farmacêutica, o Brasil vai receber 15 milhões de doses no próximo mês", afirmou a pasta através do perfil no Twitter. 

"Conseguimos hoje uma resposta da Pfizer, atendendo a uma solicitação do presidente da Republica, uma antecipação de 7 milhões de doses da Pfizer para o mês de julho", disse o ministro em entrevista. O contrato com a farmacêutica e o Brasil é de 20 milhões de vacinas no total. "Contribuirá para acelerar a campanha de vacinação", completou Queiroga.

A Pfizer foi um dos laboratórios que teve acertos para a compra de vacinas postergados pelo Ministério da Saúde no ano passado, num momento em que o governo federal não priorizava a busca de imunizantes, segundo depoimentos e documentos da CPI.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos