Governo anuncia acordo com Elon Musk para conectar Amazônia

Governo anuncia acordo com Elon Musk para conectar Amazônia
Governo anuncia acordo com Elon Musk para conectar Amazônia
  • O anúncio foi feito sem revelar valores ou assinar contratos;

  • O acordo foi fechado após reunião no Brasil;

  • O evento teve a participação de Elon Musk e Jair Bolsonaro.

O Governo Federal, mesmo sem revelar valores ou assinar contratos, fez nesta sexta-feira (20) uma parceria com a Starlink, do bilionário Elon Musk. Segundo Fábio Faria, ministro das Comunicações, os satélites podem ser lançados sobre a região amazônica "nos próximos meses". Já é a terceira vez que o Ministério das Comunicação se reúne com o bilionário para este fim, a última em novembro do ano passado.

O acordo fechado visa fornecimento de conexão de internet a Amazônia para ajudar no combate ao desmatamento, incêndios criminosos e na conexão de escolas, postos de saúde e aldeias indígenas em locais remotos. Para isso, a empresa deve colocar um contingente de satélites em baixa altitude, o que pode ser feito independente de licitação, bastando apenas um processo administrativo na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

A parceria foi fechada após uma reunião para discutir a conectividade e proteção da Amazônia com o governo brasileiro. Além de Jair Bolsonaro, o evento contou com a presença de ministros, entre eles, Fábio Faria, das Comunicações, e do vice-presidente Hamilton Mourão, além de empresários convidados, como André Esteves (BTG Pactual), Ricardo Faria (Granja Faria), (MRV e CNN) e José Félix (Claro).

A cidade de Porto Feliz (SP) foi o local escolhido para o encontro que acontece desde a manhã desta sexta-feira. Empolgado com a presença do dono da SpaceX, Bolsonaro elogiou o bilionário.

“Esse ilustre visitante que nos honra. Estamos tendo um breve relato que o futuro é o presente. Cada vez mais a tecnologia se fará presente entre nós. O mais importante é algo imaterial: hoje em dia, poderíamos chamá-lo de mito da liberdade. É aquilo que nos fará falta para qualquer coisa que podemos pensar para o futuro”, disse o presidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos