Governo anuncia repatriação de mais de 1.600 brasileiros retidos no exterior

DIANA LOTT
***FOTO DE ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 22.10.2019 - O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), esclarece denúncias de candidaturas laranjas no PSL (Partido Social Liberal) à Comissão de Fiscalização e Controle do Senado Federal, em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério do Turismo anunciou nesta quinta-feira (19) a repatriação de 1.658 brasileiros que estão no exterior por causa da pandemia do novo coronavírus.

Segundo estimativas da pasta, 883 pessoas que estão em Portugal deverão retornar ao Brasil até o domingo (22). A ação, terceira deste tipo, é coordenada em conjunto com o Itamaraty e as companhias aéreas Azul e TAP.

Mais cedo nesta quinta, o governo brasileiro já havia anunciado a repatriação de 203 brasileiros que estão no Marrocos, assim como dois vôos que trarão 622 brasileiros que estão retidos no Peru.

No retorno, a companhia aérea Latam, que participou das negociações com os dois ministérios, levará 704 peruanos que não conseguiram retornar ao seu país após o fechamento das fronteiras.

"Neste momento de incertezas, nosso compromisso é trazer de volta ao país os milhares de brasileiros que estão em outros países, afirmou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em nota.