Governo chinês quer desvincular NFTs de criptomoedas

·1 min de leitura
  • Em setembro a China proibiu qualquer transação que envolvesse criptomoedas;

  • Motivo seria a proteção dos ativos das pessoas, em face do caráter especulatório das criptomoedas;

  • Solução para dilema pode ser um registro privado, porém transparente.

O governo chinês está procurando formas de desvincular o uso de criptomoedas da aquisição de NFTs. Na China é proibida qualquer transação de criptomoedas, até mesmo a Bitcoin.

No entanto, o país parece aceitar o mercado de NFTs (tokens não fungíveis), desde que esse se restrinja aos limites do mercado fiduciário comum.

Para isso a Rede de Serviços baseada em Blockchain (BSN), um projeto internacional de infraestrutura blockchain apoiado pelo governo chinês, está tentando criar a infraestrutura necessária para dar vazão a esse mercado.

O país proibiu a utilização de qualquer criptomoeda em setembro de 2021, logo após ter criminalizado a mineração de criptomoedas em julho.

A explicação do governo é que a medida vem como uma forma de proteger financeiramente as pessoas, visto que a prática especulativa das criptomoedas "colocam em perigo grave os ativos das pessoas". Especialistas atentam ao fato também da nação está desenvolvendo uma criptomoeda própria, o Renminbi digital.

Para Yifan He, CEO da Red Date Technology, que providencia suporte técnico à rede BSN, será necessário criar uma infraestrutura confiável e de baixo custo para permitir a negociação de NFTs na China.

"As cadeias públicas não podem ser operadas legalmente na China", disse. Por conta disso, será necessário criar redes privadas de registro, que podem soar um tanto quanto não confiáveis.

Para solucionar isso, Yifan afirma que a ideia é criar uma plataforma transparente.

Yifan acredita haver um grande mercado caso consigam o feito. "Vamos fornecer serviços para empresas de NFT em Hong Kong, o que significa que, se houver algum negócio internacional envolvendo a emissão de NFTs na China, eles definitivamente podem optar por usar a rede BSN-DDC por meio de nosso gateway de Hong Kong", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos