Governo da BA vai processar empresário que viajou com coronavírus de SP para Porto Seguro

JOÃO VALADARES

RECIFE, PE (FOLHAPRESS) - A pedido do governador da Bahia, Rui Costa (PT), o empresário Cláudio Henrique do Vale Vieira será processado por descumprir recomendações médicas e viajar de São Paulo para Porto Seguro mesmo após ter testado positivo para o coronavírus.

O governador afirmou que ele foi diagnosticado no hospital Albert Einstein.

"Foi uma ação irresponsável, negligente, de um empresário que teve seu caso confirmado em São Paulo. Ele foi ao hospital, confirmou que tinha o coronavírus e o médico determinou que ficasse em casa por pelo menos uma semana", declarou o petista em vídeo postado nas redes sociais.

O governador comunicou que ele viajou em sua própria aeronave. "E ele o que fez? Pegou o jatinho particular, convidou alguns amigos e foi para casa em Trancoso, em Porto Seguro", disse.

Rui Costa informou que o empresário, ligado à empresa CVPAR Finanças, terá que responder criminalmente pelo ato.

"Já determinei que a Procuradoria Geral do Estado abra um processo criminal contra esse empresário para que ele responda criminalmente por sua postura irresponsável. Vamos denunciar todos que descumprirem ao Ministério Público da Bahia e Federal."

O procurador geral do Estado, Paulo Moreno Carvallho, explicou que o Ministério Público da Bahia tem a titularidade da ação.

"Vamos representá-lo para que todas as situações semelhantes sejam coibidas, evitando, assim, que ocorra a transmissão da doença e sua propagação em um ritmo mais acelerado", disse.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com empresário.