Governo de SP: Haddad lidera e Márcio França e Tarcísio empatam em 2º, diz pesquisa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Fernando Haddad (Foto: HEULER ANDREY/AFP via Getty Images)
Fernando Haddad (Foto: HEULER ANDREY/AFP via Getty Images)

Pesquisa Real Time Big Data divulgada nesta segunda-feira (23) revela que o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) está em primeiro lugar na corrida eleitoral para o governo do estado de São Paulo: ele conta com 29% das intenções de voto na pesquisa estimulada. Ou seja, quando o entrevistado recebe uma lista com os nomes do pré-candidatos.

O ex-governador Márcio França (PSB) e o ex-ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) estão empatados em segundo lugar, com 15% cada.

Já o atual governador Rodrigo Garcia (PSDB) ficou 7% das intenções de voto. O deputado federal Vinicius Poit, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub (Brasil 35), Felício Ramuth (PSD) e Elvis Cezar (PDT) tiveram com 1%. Altino Júnior (PSTU) e Gabriel Colombo (PCB) registraram 0%. Brancos e nulos somam 18%, e não sabem e não responderam, 12%.

Sem Haddad na disputa, Márcio França tem 27% contra 15% do Tarcísio e 9% do Rodrigo Garcia.

Em um terceiro cenário, mas agora sem França na disputa, o petista aparece com 33% das intenções de voto, e Tarcísio, 20%.

No segundo turno, Haddad e França estão empatados com 33% na corrida para o Palácio dos Bandeirantes.

O levantamento fez 1.500 entrevistas por telefone entre os dias 20 e 21 de maio. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O registro junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é SP-05693/2022.

1º turno - Pesquisa estimulada

Cenário 1

  • Fernando Haddad (PT): 29%

  • Márcio França (PSB): 15%

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 15%

  • Rodrigo Garcia: 7%

  • Vinícius Poit (Novo): 1%

  • Abraham Weintraub (Brasil 35): 1%

  • Felício Ramuth (PSD): 1%

  • Elvis Cezar (PDT): 1%

  • Altino Júnior (PSTU): 0%

  • Gabriel Colombo (PCB): 0%

  • Branco/nulo: 18%

  • Não sabe/não respondeu: 12%

Cenário 2

  • Márcio França (PSB): 27%

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 15%

  • Rodrigo Garcia (PSDB): 9%

  • Elvis Cezar (PDT): 2%

  • Vinícius Poit (Novo): 2%

  • Abraham Weintraub (Brasil 35): 1%

  • Felício Ramuth (PSD): 1%

  • Altino Júnior (PSTU): 0%

  • Gabriel Colombo (PCB): 0%

  • Branco/nulo: 26%

  • Não sabe/não respondeu: 17%

Cenário 3

  • Fernando Haddad (PT): 33%

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 20%

  • Rodrigo Garcia (PSDB): 10%

  • Vinícius Poit (Novo): 2%

  • Felício Ramuth (PSD): 2%

  • Abraham Weintraub (Brasil 35): 1%

  • Elvis Cezar (PDT): 1%

  • Altino Júnior (PSTU): 0%

  • Gabriel Colombo (PCB): 0%

  • Branco/nulo: 18%

  • Não sabe/não respondeu: 13%

Cenário 4

  • Fernando Haddad (PT): 30%

  • Márcio França (PSB): 16%

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 16%

  • Rodrigo Garcia (PSDB): 7%

  • Branco/nulo: 18%

  • Não sabe/não respondeu: 13%

2º turno - Pesquisa estimulada

Cenário 1

  • Fernando Haddad (PT): 33%

  • Márcio França (PSB): 33%

  • Branco/nulo: 20%

  • Não sabe/não respondeu: 14%

Cenário 2

  • Fernando Haddad (PT): 35%

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 27%

  • Branco/nulo: 22%

  • Não sabe/não respondeu: 16%

Cenário 3

  • Fernando Haddad (PT): 36%

  • Rodrigo Garcia (PSDB): 21%

  • Branco/nulo: 25%

  • Não sabe/não respondeu: 18%

Cenário 4

  • Márcio França (PSB): 37%

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 24%

  • Branco/nulo: 21%

  • Não sabe/não respondeu: 18%

Cenário 5

  • Márcio França (PSB): 42%

  • Rodrigo Garcia (PSDB): 17%

  • Branco/nulo: 23%

  • Não sabe/não respondeu: 18%

Cenário 6

  • Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 26%

  • Rodrigo Garcia (PSDB): 18%

  • Branco/nulo: 29%

  • Não sabe/não respondeu: 27%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos