Governo decreta emergência na saúde pública por novo coronavírus

·2 minuto de leitura
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

BRASÍLIA — O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, publicou portaria nesta terça-feira decretando emergência em saúde pública, em decorrência da epidemia do novo coronavírus. Na segunda-feira, Mandetta havia adianto que iria declarar a emergência, mesmo sem a confirmação de nenhum caso no país, para "fins administrativos", ou seja, para facilitar ações de combate ao vírus.

O Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública, vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde, foi estabelecido como órgão responsável por coordenação a ação. A portaria autoriza o Centro de Operações a propor, "de forma justificada", ao Ministério da Saúde a contratação temporária de profissionais e a "aquisição de bens e a contratação de serviços necessários para a atuação" na emergência.

No texto, o ministro cita a declaração de emergência por parte da Organização Mundial da Saúde (OMS), e destaca que "a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública".

Na segunda-feira, após reunião de ministros para tratar sobre medidas contra o vírus, Mandetta afirmou que medida seria tomada para facilitar licitações:

— Embora a gente não tenha nenhum caso, nós não temos nenhum caso comprovado no Brasil, não temos a presença do vírus em laboratório dentro do Brasil, mas nós vamos reconhecer essa emergência sanitária internacional para poder ter os mecanismos. Se não, você tem que abrir licitação, você leva 15, 20 dias, para poder se movimentar quando você está no status normal da lei de licitação de compras — explicou.

O ministro explicou que um dos benefícios seria a possibilidade de realizar com mais facilidade o resgate dos brasileiros que estão na China:

— A gente vai reconhecer para fins administrativos. A gente vai fazer para poder viabilizar inclusive essa operação (de resgate), que ela vai denotar gastos não programados e que têm que ser tomados com uma rapidez muito grande. Devo assinar hoje. Vou agora trabalhar nesse texto no Ministério da Saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos