Governo decreta toque de recolher noturno na capital das Ilhas Salomão

·1 min de leitura
Edifícios de Honiara, capital das Ilhas Salomão, atacados durante protestos (AFP/Jay Liofasi)

O governador geral adas Ilhas Salomão anunciou nesta sexta-feira (26) um toque de recolher noturno em Honiara, a capital do arquipélago, após o terceiro dia de protestos violentos no país.

"Um toque de recolher diário foi decretado em Honiara de 19H00 às 6H00, a partir de 26 de novembro, por tempo indeterminado", anunciou o governador geral, David Vunagi.

Nesta sexta-feira, milhares de manifestantes prosseguiram, pelo terceiro dia consecutivo, com saques e incêndios de edifícios em Honiara.

A polícia usou gás lacrimogêneo e deu tiros de alerta para dispersar um grupo de manifestantes que pretendia seguir até a residência do primeiro-ministro Manasseh Sogavare.

A comunidade chinesa virou alvo dos protestos contra o governo de Sogavare, que em 2019 mudou o reconhecimento diplomático de Taiwan para a China comunista.

arb/djw/dva/juf/pz/zm/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos