Governo do Amazonas investe R$ 70 milhões em pontes durante período eleitoral

Projeto custará R$ 70 milhões (Getty Images)
Projeto custará R$ 70 milhões

(Getty Images)

  • Governo do Amazonas firma contrato milionário para construir 50 pontes em Manaus;

  • Publicação do contrato foi em 29 de agosto, já em período eleitoral;

  • Anúncio do projeto foi em maio deste ano.

O governo do Amazonas firmou, em pleno período eleitoral, um contrato de R$ 70 milhões com a Construtora Etam Ltda para construir 50 pontes de concreto em Manaus que substituirão as atuais estruturas de madeira. A justificativa é fazer a “integração do sistema viário e melhoria da mobilidade no município”.

O contrato foi publicado em 29 de agosto. O prazo para a conclusão das obras é de dois anos, com valor de R$ 70.409.245,39. Do total, R$ 9,5 milhões já foram empenhados pela Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus).

O anúncio do projeto, no entanto, foi feito em maio. Na época, as obras estavam em processo de licitação no Centro de Serviços Compartilhados (CSC). “A gente sabe o quanto isso é importante para fazer a ligação entre os bairros. Em alguns casos, os moradores precisam dar uma volta muito grande quando há um ponte em condições precárias. É importante (novas pontes) para os alunos fazerem essa travessia com segurança. Estamos com esse projeto pronto e logo vamos dar início”, destacou, na ocasião, o governador e candidato à reeleição, Wilson Lima (União Brasil).

A Construtora Etam Ltda também foi contratada para obras de recuperação na estrada de Novo Airão, segundo o portal Radar Amazônico. O serviço está 60% mais caro do que o valor por quilômetro pago nas obras da AM-010. A empresa também foi contemplada com contratos milionários, incluindo o da implantação da Cidade Universitária em Iranduba – obra abandonada pelo governo.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente: