Governo e Prefeitura do Rio decidirão em conjunto se Copa América terá jogos na cidade

·1 minuto de leitura

O governador Claudio Castro e o prefeito Eduardo Paes irão decidir em conjunto se a cidade do Rio de Janeiro tem condições sanitárias para receber jogos da Copa América. O desejo da CBF e da Conmebol é de que pelo menos a final seja realizada no Maracanã, no dia 13 de julho.

A reunião, no entanto, ainda não tem data definida. Em nota, o governador Castro informou que “a decisão será pautada por critérios técnicos e pela situação da pandemia no Estado”.

A Conmebol, além do desejo da final ser no Maracanã, tinha outra intenção. Apesar de afirmar que as partidas seriam sem público, a entidade passou a prever convidados na final, nos mesmos moldes do que aconteceu na final da Copa Libertadores da América, em janeiro.

Ao colunista Lauro Jardim, o prefeito Eduardo Paes contou que “duvida muito” que a secretaria municipal de saúde do Rio de Janeiro dê qualquer tipo de aval neste sentido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos