Governo do Estado de São Paulo paga bônus a 96,1 mil policiais

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  10-01-2019, 12h00: O governador de São Paulo João Dória. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 10-01-2019, 12h00: O governador de São Paulo João Dória. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Governo do Estado de São Paulo, gestão João Doria (PSDB), informou que pagou nesta terça-feira (31) a bonificação por resultados a 96.186 policiais civis, militares e técnico-científicos, além de servidores da SSP (Secretaria da Segurança Pública). O pagamento é referente ao terceiro bimestre de 2020.

De acordo com a pasta, foram distribuídos R$ 175,6 milhões entre os beneficiados. Isso quer dizer que, em média, cada um recebeu cerca de R$ 1.826,44 de bônus.

Entre os trabalhadores que receberam a bonificação estão 70.978 policiais militares, 21.516 civis e 3.579 técnico-científicos, além de outros 113 servidores da secretaria.

A pasta informa que foram beneficiados os policiais e servidores que atuam em locais onde, no terceiro bimestre do ano passado, houve redução de índices de criminalidade como homicídio doloso e latrocínio, além de roubos e furtos gerais e de veículos.

O governo paulista informa ainda que, além dessa bonificação, já foram pagos R$ 66,4 milhões em bônus para mais de 563,7 mil trabalhadores da área da segurança pública no estado.

Mudanças na carreira No início deste mês, a gestão Doria enviou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que pretende fazer mudanças nas carreiras dos servidores públicos do estado de São Paulo. Se aprovadas, as medidas poderão valer já neste ano.

Entre os pontos previstos no PLC (Projeto de Lei Complementar) 26 estão mudanças nas bonificações por resultados, fim da possibilidade de faltas abonadas e criação de regra para contratação de servidores temporários em caso de greve.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos