Governo exigirá criação de rede 5G privativa com segurança mais robusta

Lisandra Paraguassu
·1 minuto de leitura
Vista do Palácio do Planalto em Brasília

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O governo prepara uma portaria que exigirá a implantação de uma rede privativa de comunicação 5G para a administração federal com requisitos de segurança mais robustos a serem cumpridos pelas empresas fornecedoras de equipamentos que quiserem estar aptas a atender a União, de acordo com fontes ouvidas pela Reuters e um documento a que a reportagem teve acesso.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A portaria, que deve ser publicada nesta sexta-feira em edição extra do Diário Oficial, inclui como requisito para implantação das redes no país "o estabelecimento de obrigação de implantação de uma rede privativa de comunicação da Administração Pública Federal".

Leia também:

Essa rede privativa, ainda segundo o documento a que a Reuters teve acesso, prevê uma rede móvel, limitada ao Distrito Federal, para atendimento das atividades de segurança pública, defesa, serviços de emergência e resposta a desastres, e uma rede fixa para atendimento aos órgãos públicos federais, complementar à rede de governo existente.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube