Governo gastou R$ 28 mil com viagens para "Capitã Cloroquina" combater Covid

·1 minuto de leitura
  • O governo Bolsonaro gastou R$ 28 mil com viagens da equipe da secretária Mayra Pinheiro a Manaus

  • Conhecida como "Capitã Cloroquina", ela difundiu o uso de medicamentos sem eficácia para Covid

  • O detalhamento dos gastos foi enviado pelo Ministério da Saúde à CPI da Covid no Senado

O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) gastou R$ 28 mil com passagens aéreas e diárias da equipe de médicos e servidores que a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, levou a Manaus (AM) para difundir o chamado "kit Covid", com medicamentos sem eficácia para o combate ao coronavírus.

O detalhamento dos gastos com a equipe da médica conhecida como "Capitã Cloroquina" foi enviado pelo Ministério da Saúde à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo.

Leia também:

Em depoimento à CPI, no dia 25 de maio, Mayra afirmou que nunca recebeu ordens para ampliar ou incentivar o uso de hidroxicloroquina, medicamento comprovadamente sem eficácia para tratar a Covid-19.

Em resposta ao presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), Mayra Pinheiro disse que “não recomendou, mas que orientou”, sem explicar a diferença.

Mayra afirmou que o Ministério da Saúde nunca recomendou medicamento e apenas deu orientações referentes às doses adequadas: "Nós estabelecemos doses segurar para que médicos brasileiros pudessem utilizar esses medicamentos com o consentimento dos seus pacientes".

Ela acrescentou que "toda doença deve ser tratada precocemente" e criticou a OMS (Organização Mundial da Saúde): "O Brasil não é obrigado a seguir as orientações da OMS. Se assim fosse, nós teríamos falhado como a OMS falhou".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos