Queda de telão em dançarinos do grupo Mirror em Hong Kong foi causada por ruptura de cabo de metal; imagens fortes

O telão que caiu no palco durante um show do grupo Mirror em Hong Kong nesta quinta-feira, atingindo dois dançarinos, deixando um em estado grave, ocorreu depois que um de seus dois cabos de metal se rompeu, revelaram autoridades sobre conclusões preliminares do acidente. Os fios de suspensão usados nos telões serão analisados, de forma que a investigação vai estudar se o ocorrido foi centrado em procedimentos operacionais ou no material dos cabos.

'Era o presente de aniversário da minha filha': Fãs de Millie Bobby Brown pretendem processar UCCONX

Vídeo: Padre russo ataca capelão ucraniano com cruz em funeral de soldado

Segundo o South China Morning Post, o presidente-executivo de Hong Kong, John Lee Ka-chiu, prometeu nesta sexta-feira realizar uma investigação oportuna e abrangente sobre o incidente. Além disso, os outros shows que ocorreriam no Hong Kong Coliseum foram cancelados e quem comprou ingresso deverá ser reembolsado. A apresentação que foi marcada pelo terrível acidente fazia parte de uma série de 12 shows.

A queda do telão foi registrada em vídeos que circulam pelas redes sociais. As imagens são fortes. Foi disponibilizada um número de telefone do Departamento de Assistência Social para atender as pessoas que viram as imagens e se sentiram desconfortáveis, precisando de serviços de aconselhamento.

Dois dançarinos, de 27 e 29 anos, foram levados para o hospital Rainha Elizabeth. Segundo a polícia, um deles sofreu ferimentos no pescoço e está em estado grave. O outro, atingido na cabeça, está estável. Após entrarem em estado de choque, três mulheres que estavam na plateia, com idades variando entre 16 e 40 anos, também precisaram de receber atendimento médico. Apenas uma delas chegou a ser levada para um hospital.

— Expresso condolências aos feridos e espero que se recuperem em breve — disse Lee.

Os pais do dançarino gravemente ferido viajarão de volta para Hong Kong do Canadá no sábado, de acordo com a Crossroad Community Baptist Church, que pediu ao público que orasse pelo filho do casal.

O secretário de Cultura, Esportes e Turismo de Hong Kong, Kevin Yeung Yun-hung, atuou na inspeção inicial do local do show. Segundo ele, a investigação pode durar algumas semanas. A identidade do funcionário envolvido na montagem do telão que despencou não foi revelada.

— Uma inspeção preliminar sugere que um cordão de metal se rompeu, fazendo com que a tela caísse — disse Yeung, comprometendo-se a apurar o assunto com uma força-tarefa montada no Departamento de Serviços de Lazer e Cultura, que trabalharia com o Departamento de Serviços Elétricos e Mecânicos e o Departamento do Trabalho para estudar a causa da acidente. — É nossa responsabilidade e determinação garantir que um incidente semelhante não aconteça novamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos