Governo lança funcionalidade do Pix parecida com o boleto

Gabriel Shinohara
·1 minuto de leitura
O novo sistema de pagamento pretende substituir transações
O novo sistema de pagamento pretende substituir transações

O Banco Central (BC) anunciou ontem uma nova funcionalidade para o Pix que deve funcionar como um boleto bancário. O “Pix Cobrança” vai permitir pagamentos com vencimento futuro com previsão de juros, multas e descontos. O Pix começa a funcionar no dia 16 de novembro e a nova função deve ser incluída “em breve”. O BC não informou quando estará disponível.

De acordo com o Banco Central, essa nova funcionalidade funcionará a partir de um QR code e não com um código de barras, como é o boleto. Além disso, o Pix Cobrança vai permitir o pagamento imediato em pontos de venda ou comércio eletrônico a partir da emissão do QR Code. Essa função poderá ser utilizada desde o lançamento do sistema.

Na atualização do regulamento do programa, o Banco Central ainda incluiu algumas regras sobre a gratuidade do uso. Ela permanece para pessoas físicas, empresários individuais e microempresários individuais (MEIs).No entanto, para essas pessoas o uso comercial será tarifado em algumas situações.