Governo libera consulta do Auxílio Emergencial pelo Dataprev; confira

Auxílio Emergencial foi criado para ajudar os mais pobres no cenário da pandemia
Auxílio Emergencial foi criado para ajudar os mais pobres no cenário da pandemia
  • Auxílio Emergencial foi criado pelo Governo Federal para uma renda aos brasileiros mais afetados pela pandemia da Covid-19

  • Benefício será liberado em julho para aqueles que ainda não tinham sacado desde 2020

  • Valor pode variar pelo número de parcelas não resgatadas pelo beneficiário

Beneficiários do Auxílio Emergencial já podem realizar a consulta pelo site "Dataprev" a partir desta segunda-feira (18.07). O benefício foi criado pelo Governo Federal com o objetivo de garantir uma renda aos brasileiros que foram direta e mais intensamente afetados pela pandemia da Covid-19.

Em 2020, o presidente Jair Bolsonaro optou por excluir os homens como chefe de famílias aptos a receber o pagamento. Por conta disso, apenas as mães solo receberam o valor dobrado de R$ 1.200. No entanto, em discordância da decisão de Bolsonaro, o Congresso Nacional revisou o veto. Por conta disso, no dia 24 de dezembro de 2021, o executivo publicou a Medida Provisória 1.084, destinando R$ 4,1 bilhões para o pagamento atrasado do auxílio.

O Auxílio Emergencial 2022 será liberado em julho para aqueles que ainda não tinham sacado o benefício desde 2020. O valor pode variar pelo número de parcelas não resgatadas pelo beneficiário e vai de R$ 600 a R$ 3.000.

Confira o passo a passo da consulta pelo Dataprev:

  • Acesse o "portal de Consulta ao Auxílio Emergencial";

  • Preencha o campo com o Cadastro de Pessoa Física (CPF);

  • Preencha o campo com o seu nome completo;

  • Preencha o campo com o nome completo da mãe ou selecione "mãe desconhecida";

  • Coloque a data de nascimento;

  • Selecione o "reCAPTCHA" para provar que é humano;

  • Por fim, clique na opção "Enviar"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos