Governo melhora projeção de déficit primário em 2021 a R$95,8 bi com arrecadação maior

·1 min de leitura
Moedas de reais

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério da Economia divulgou nesta segunda-feira que vê o déficit primário do governo central fechando 2021 em 95,8 bilhões de reais, menor que o rombo de 139,4 bilhões de reais calculado em setembro, em nova melhora da projeção decorrente de uma arrecadação mais forte.

O dado consta em relatório de receitas e despesas e corresponde a 1,1% do PIB, frente a déficit de 1,6% do PIB apontado no relatório anterior.

O novo número foi guiado principalmente por uma perspectiva de maior arrecadação, após a equipe econômica ter elevado em 47,7 bilhões de reais essa conta, a 1,556 trilhão de reais em 2021. Já as despesas estimadas foram elevadas em 4,1 bilhões de reais no ano, a 1,651 trilhão de reais.

(Por Marcela Ayres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos