Governo nomeia Claudia Queda de Toledo para presidência da Capes

Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil
·1 minuto de leitura

O governo federal publicou nesta quinta-feira (15) a nomeação de Claudia Mansani Queda de Toledo para a presidência da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A Capes é a fundação do Ministério da Educação (MEC) responsável pela expansão e consolidação dos programas de pós-graduação no país. A nomeação consta em edição extra do Diário Oficial da União.

A nomeação ocorre três dias depois da exoneração de Benedito Guimarães Aguiar Neto do cargo. Ex-reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Neto presidia a Capes desde o início de 2020. Em publicação nas redes sociais, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez elogios à escolhida.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com o currículo disponível na Plataforma Lattes, Toledo é docente nas áreas de direito constitucional e dá aulas na graduação e na pós-graduação do curso de direito da Instituição Toledo de Ensino (ITE), em Bauru (SP), da qual é coordenadora científica. Ela também é reitora do Centro Universitário de Bauru. A professora possui mestrado em direito das relações sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e doutorado em direito constitucional pela Instituição Toledo de Ensino.