Governo oficializa ampliação do prazo de entrega da declaração do imposto de renda para 30 de junho

Geralda Doca
Site da Receita Federal

BRASÍLIA - O governo oficializou, nesta terça-feira, a prorrogação do prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), de 30 de abril para 30 de junho. A decisão já tinha sido anunciada e foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União. Ela faz parte do pacote de medidas para ajudar os contribuintes a atravessarem a pandemia do novo coronavírus.

Segundo dados da Secretaria Especial da Receita Federal, foram encaminhadas 9,7 milhões de declarações até o final da tarde desta terça-feira — 31% do volume aguardado.

Um dos objetivos da ampliação do prazo é evitar o deslocamento das pessoas para reunir a documentação, como recibos médicos, escolares e declarações de seguradoras, por exemplo.

Apesar da prorrogação do prazo, foi mantido o cronograma de restituição do IR, sendo que o primeiro está previsto para 29 de maio. Neste ano, serão cinco lotes e o último sairá em setembro.