Governo pede à Anvisa que avalie liberação de autoteste da Covid

·1 min de leitura
  • Anvisa afirma que não registrou no sistema o recebimento da nota técnica do Ministério da Saúde;

  • Esse tipo de teste de Covid não é autorizado no Brasil por causa de uma resolução de 2015;

  • Segundo o Ministério da Saúde, a autotestagem é uma estratégia adicional para prevenir e interromper a cadeia de transmissão da Covid-19.

O Ministério da Saúde solicitou que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que analise o uso do autoteste no Brasil. Esse tipo de teste de Covid não é autorizado no Brasil por causa de uma resolução da Anvisa de 2015.

Segundo a nota do Ministério da Saúde, a autotestagem é uma estratégia adicional para prevenir e interromper a cadeia de transmissão da Covid-19, juntamente com a vacinação, o uso de máscaras e o distanciamento social.

Um resultado de autoteste positivo significa que o teste detectou o vírus e é muito provável que o indivíduo tenha a infecção, proporcionando rápido isolamento e reforço de medidas de prevenção.

Os autotestes podem ser realizados em casa ou em qualquer lugar, são fáceis de usar e produzem resultados rápidos. Eles podem ser usados caso os indivíduos apresentem sintomas de Covid-19 ou tenham sido expostos ao vírus Sars-CoV-2.

A Anvisa disse, em nota, que até o momento não registrou no sistema o recebimento da nota técnica do Ministério da Saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos