Governo do Peru propõe referendo para reformular Constituição

·1 min de leitura
Manifestante protesta contra o presidente do Peru, Pedro Castillo, em Lima

(Reuters) - O primeiro-ministro do Peru, Aníbal Torres, afirmou nesta segunda-feira que o governo convocará um referendo para propor a reformulação da Constituição, renovando uma proposta de campanha que visa aumentar o papel do Estado na economia do país.

"Apresentamos ao Congresso um projeto de emenda à Constituição com o objetivo de convocar uma Assembleia Constituinte para redigir um novo texto constitucional", disse Torres, acrescentando que o processo é longo e que as pessoas decidirão se devem convocar a Assembleia Constituinte ou não.

O anúncio do governo renova uma promessa de campanha do presidente Pedro Castillo que ele havia praticamente abandonado e ocorre em um momento em que o presidente e o Congresso são altamente impopulares.

A medida requer apoio do Congresso e é improvável que seja aprovada na legislatura controlada pela oposição.

(Reportagem de Carolina Pulice)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos