Governo piora meta de déficit primário a R$129 bi para governo central em 2018

BRASÍLIA (Reuters) - O governo fixou nesta sexta-feira um déficit primário de 129 bilhões de reais para o governo central (governo federal, Banco Central e Previdência) em 2018, informou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, muito acima da previsão anterior de um rombo de 79 bilhões de reais.

Para o setor público consolidado, a meta é de um déficit de 131,3 bilhões de reais, abarcando também um déficit de 3,5 bilhões de reais para estatais federais e um superávit de 1,2 bilhão de reais para Estados e municípios.

Antes, a previsão era de um saldo negativo em 66 bilhões de reais para o setor público consolidado, cifra que englobava, além do rombo do governo central, um déficit de 3 bilhões de reais para estatais federais e superávit de 16 bilhões de reais para Estados e municípios.

(Por Marcela Ayres)