Governo publica nova portaria que exige passaporte da vacina para entrada no país

·1 min de leitura

BRASÍLIA — O governo federal publicou nessa segunda-feira uma nova portaria que determina regras para entrada de passageiros no Brasil. Entre as exigências, estão o ''passaporte da vacina'', apresentação de teste negativo contra a doença, além da Declaração de Saúde do Viajante (DSV).

De acordo com o documento, o passageiro terá que apresentar à companhia aérea, antes do embarque, o comprovante de vacinação e apresentar o teste negativo contra a Covid-19, realizado em até 72 horas antes do embarque, além do preenchimento da DVS.

A portaria prevê a dispensa do comprovante de vacinação em casos específicos: aos viajantes que vieram de países com baixa cobertura vacinal; brasileiros e estrangeiros residentes no território brasileiro, que não estejam completamente vacinados; casos em que o viajante tenha alguma condição de saúde que contraindique a vacinação.

Segundo o documento, ''os viajantes dispensados do comprovante de vacinação, ao ingressarem no território brasileiro, deverão realizar quarentena, por quatorze dias, na cidade do seu destino final e no endereço registrado na Declaração de Saúde do Viajante - DSV.''

A portaria considera as determinações do Supremo Tribunal Federal. Na semana passada, o ministro Luís Roberto Barroso determinou a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 aos viajantes que desembarcarem no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos