Governo publicará MP destinando R$ 50 milhões para resgatar brasileiros no exterior

Eliane Oliveira

BRASÍLIA - O governo prepara uma medida provisória para destinar R$ 50 milhões a serem usados no resgate de brasileiros que estão impedidos de voltar ao Brasil, devido a medidas adotadas pelos governos de diversos países para combater os efeitos da pandemia de coronavírus no mundo. Segundo fontes da área diplomática, a MP será publicada até quarta-feira no Diário Oficial da União.

A estimativa do Itamaraty é que existam cerca de 6 mil cidadãos brasileiros no exterior, tentando voltar para casa. Além do fretamento de aviões para trazer parte dessas pessoas ao Brasil, o dinheiro servirá para assistência consular em geral.

Desde o início do mês, milhares de brasileiros, a maioria turistas, não conseguem retornar ao país. As companhias aéreas cancelaram voos e, segundo denúncias recebidas pelo GLOBO, quem tem algum dinheiro acaba comprando a passagem novamente, por um preço mais elevado. O governo vem negociando a abertura de voos humanitários, mas o problema continua longe de ser resolvido.

Outro caminho é o uso de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). Nesta manhã, dois aviões C-130 (Hércules) decolaram, do Rio de Janeiro e de Belém, rumo a Cusco, no Peru, onde chegarão na quarta-feira para resgatar brasileiros que se encontram isolados naquela cidade. Trata-se de uma ação coordenada entre os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores.

Em nota, o ministerio das Relações Exteriores e o ministério da Defesa diz ainda que estão previstos voos comerciais partindo de Cuzco e de Lima e brasileiros interessados em embarcar nesses voos devem buscar orientações na embaixada brasileira.