Governo do RJ prevê levantar até R$4 bi com novo leilão do bloco 3 da Cedae

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governo do Rio de Janeiro espera arrecadar até quatro bilhões de reais com o leilão do bloco três da companhia estadual de saneamento básico Cedae, que não teve interessados numa licitação anterior, em abril.

Segundo o governador, Claudio Castro, cerca de 20 cidades já aderiram ao lote que irá a leilão em 29 dezembro. A outorga mínima está fixada em 2,6 bilhões de reais. Mas o governo acredita que o número de cidades que participarão da concessão ainda pode ser ampliado. O edital ainda não foi publicado.

"Não tenho dúvida que será a melhor coisa que aconteceu para o Rio de Janeiro", disse Castro a jornalistas, sobre o fato de não ter havido interesse pelo bloco no primeiro leilão.

"Era um bloco de 900 milhões de reais... agora tem tudo para chegar uns 4 bilhões", acrescentou ele. "Esse é um sonho nosso".

No primeiro leilão esse ano, em abril, a concessão de três dos quatro blocos da Cedae rendeu mais de 22 bilhões de reais. O bloco três foi o único sem interessados.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos