Estado Islâmico reivindica autoria de tomada de reféns no sul da França

Cairo, 23 mar (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta sexta-feira através da agência de notícias vinculada aos jihadistas, "Amaq", a autoria do ataque contra vários policiais e a tomada de reféns em um supermercado no sul da França, na qual pelo menos três pessoas morreram.

A agência emitiu um breve comunicado através do aplicativo Telegram no qual garantiu que o atacante é "um soldado do Estado Islâmico" e que agiu "em resposta aos chamados para atacar os países da coalizão" internacional liderada pelos Estados Unidos. EFE