Governo teme reação dos mercados internacionais por esquema de fraudes na fiscalização sanitária de carne

BRASÍLIA (Reuters) - O governo teme uma reação dos mercados internacionais à operação que descobriu um esquema gigantesco de fraudes na fiscalização sanitária da carne brasileira, afirmou nesta sexta-feira o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“Existe sim o receio de fechamento dos mercados, mas estamos conversando”, disse Eumar Novacki em entrevista coletiva, confirmando que instituições da União Europeia e dos Estados Unidos já fizeram contato com o governo brasileiro para levantar questões sobre a operação.

“Lógico que nos preocupa o mercado internacional. Existem falhas mas estamos aprimorando o sistema”, afirmou.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, cancelou uma viagem de férias aos Estados Unidos e na próxima segunda-feira terá encontros com embaixadores de países que demonstraram preocupação com as informações levantadas pela operação Carne Fraca.

O secretário disse ainda acreditar que o risco de a população consumir carne com problemas é “pequeno”.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)