GPS de celular de empresário desaparecido indica passagem por Santa Cruz e Paciência

·2 minuto de leitura

RIO — Desaparecido desde a última sexta-feira, o empresário Alberto César Romano Júnior, de 33 anos, teria passado por bairros da Zona Oeste como Cosmos, Paciência e Santa Cruz. É o que indica o localizador do celular dele, segundo informações da família. Além disso, o carro do empresário, um Honda Civic cinza, foi encontrado na Estrada Santa Eugênia, em Santa Cruz, na tarde deste domingo. O caso foi registrado na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) e encaminhado para a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que seguirá com as investigações.

Romano Júnior desapareceu depois de ir ao shopping Barra World, na Barra da Tijuca, para cortar o cabelo. De acordo com a sogra do rapaz, a representante comercial Regina Menezes, de 53 anos, ele mora no bairro e tinha o hábito de cortar o cabelo nesse local todas as sextas-feiras. Ele foi visto pelas câmeras de segurança saindo do centro comercial em seu próprio carro, mas parentes e amigos não conseguiram mais contato.

— Quando minha filha sentiu falta dele, ela ligava e ele não atendia. Por volta de 20h ele visualizou e não respondeu, e depois o telefone ficou dando caixa postal. Na manhã seguinte, os amigos ligaram para minha filha para saber se ela tinha notícias. Todo mundo começou a ficar preocupado, e o telefone dando caixa postal — disse a sogra.

Equipes da 42ª DP estiveram no local onde o carro foi encontrado, mas Romano Júnior não foi localizado junto ao veículo. Nas redes sociais, a família busca informações que possam ajudar a encontrá-lo.

A noiva do rapaz, Nathalia Moreira, pediu ajuda com notícias sobre o paradeiro do empresário. Em uma publicação, ela reforça que a última localização teria acontecido em Santa Cruz, por volta das 19h30 de sexta-feira. Na mesma rede social, ela já postou várias fotos ao lado do noivo com declarações de amor. "Sou a mulher mais feliz do mundo por dividir a vida contigo! Obrigada por despertar o melhor de mim. Amo você além das coisas desse mundo", disse ela em seu perfil no Instagram.

Numa outra publicação que viralizou na web, a sogra de Romano Júnior pede "misericórdia" para acharem o genro. A família do empresário teme um sequestro. "Ele é muito querido por todos, criado em Realengo. Ele desapareceu na sexta-feira, estamos com medo dele ter sido sequestrado. Depois disso acompanhamos o rastreador do celular e as câmeras de ruas por onde o carro dele passou. Ele foi no sentido do túnel para Campo Grande. Essas localizações que a gente sabe depois do GPS foi a polícia que conseguiu achar. Já fizemos o registro de ocorrência".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos