QG de Bolsonaro quer usar visita de Elon Musk na campanha eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro chega para conhecer o empresário Elon Musk no evento Conecta Amazônia em Porto Feliz, São Paulo, Brasil em 20 de maio de 2022. (Foto de Filipe ARAUJO/AFP via Getty Images)
O presidente Jair Bolsonaro chega para conhecer o empresário Elon Musk no evento Conecta Amazônia em Porto Feliz, São Paulo, Brasil em 20 de maio de 2022. (Foto de Filipe ARAUJO/AFP via Getty Images)

O encontro do presidente Jair Bolsonaro (PL) com o empresário bilionário Elon Musk nesta sexta-feira (20), é visto pelo grupo responsável pela pré-campanha do presidente como oportunidade de virar a chave após uma semana vista por eles como desastrosa na busca da reeleição.

O bilionário, dono da Tesla e da SpaceX, e Bolsonaro tem afinidade ideológica. Ambos são críticos à regulação e a qualquer tipo de moderação de conteúdo nas redes sociais. As informações são do blog da jornalista Andreia Sadi, no G1.

Ao Musk anunciar a compra da rede social Twitter – transação ainda não concretizada – os bolsonaristas comemoraram ao empresário indicar que pretende atenuar a moderação de conteúdo na rede.

Ainda dentro desse contexto, Musk chegou a declarar na semana passada que reativaria na rede social a conta do ex-presidente norte-americano Donald Trump, inspiração de Bolsonaro.

Trump foi banido permanentemente do Twitter por incitação à violência em decorrência da invasão ao Capitólio, estimulada por ele após ser derrotado nas urnas por Joe Biden.

O grupo político próximo ao presidente brasileiro viu como desastre a retomada de ataques ao STF (Supremo Tribunal Federal) – entre eles uma queixa-crime frustrada apresentada contra Alexandre de Moraes. Além de não ter êxito, Bolsonaro terminou a semana tendo que apertar, a contra gosto, a mão de Moraes.

Oficialmente, o encontro entre Musk e Bolsonaro é para discutir conectividade e proteção da Amazônia – o meio ambiente é outro dos pontos fracos de Bolsonaro para a disputa de outubro.

Musk vem ao Brasil para reunir-se com empresários que integram o projeto Conecta Amazônia. Seu interesse está focado nas operações da Starlink, a divisão de satélites da SpaceX, na região amazônica. Quer prover serviços de banda larga.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos