Grécia anuncia confinamento parcial para combater a covid-19

·1 minuto de leitura
(Arquivo) O primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis
(Arquivo) O primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, anunciou neste sábado restrições aos deslocamento durante a noite o fechamento de restaurantes, bares e pontos de lazer em Atenas e outras cidades do país, com o objetivo de lutar contra a segunda onda da covid-19.

"Não é um confinamento como o da primavera" (hemisfério norte), afirmou o primeiro-ministro em um discurso à nação exibido na televisão.

"As medidas começarão às 6H00 locais (1H00 de Brasília) de terça-feira e o trânsito será proibido de meia-noite às 5H00", completou Mitsotakis.

"Temos que agir agora" para as Unidades de Terapia Intensiva não fiquem saturadas, explicou o chefe de Governo. "O vírus está atacando por ondas e precisamos nos adaptar rapidamente.

A Grécia registra mais de 37.000 casos de coronavírus desde fevereiro, mas apenas na sexta-feira o país teve um balanço de 1.600 novos contágios. A covid-19 provocou 620 mortes no país.

jph-hec/me/es/fp