‘Grande Reset’: desinformação e teorias conspiratórias nos canais bolsonaristas durante apagão das redes

·3 minuto de leitura
  • Desinformação foi compartilhada em grupos do Telegram

  • O “apagão” nos aplicativos criou um terreno fértil para teorias conspiratórias

  • Entenda o que é o “Grande Reset”

A pane mundial que afetou os servidores do Facebook, Instagram e WhatsApp na última segunda-feira, 4 de outubro, fez com que muitos usuários migrassem para softwares alternativos.

Cerca de 2,8 bilhões de pessoas ficaram sem acessar os serviços da empresa de Mark Zuckerberg. O WhatsApp, que é o aplicativo de mensagens mais utilizado pelos brasileiros – e instrumento para o compartilhamento de informações falsas – foi substituído pelo Telegram, que se torna mais popular a cada nova instabilidade da concorrência.

Leia também:

Os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilharam nos canais do Telegram teorias conspiratórias a respeito do ‘apagão’ das redes sociais, sendo a teoria do “Grande Reset” ou “Grande Reinicialização”, uma das mais difundidas.

Grupos conspiracionistas compartilharam invencionices a respeito do
Grupos conspiracionistas compartilharam invencionices a respeito do "Grande Reset" em aplicativos de mensagens alternativos (Foto: Telegram/Reprodução)

Teorias da conspiração

A proposta da iniciativa de recuperação econômica global virou um terreno fértil para teorias conspiratórias. A ideia mais difundida por desinformadores diz que o “Grande Reset” faz parte de uma grande conspiração global, que teria supostamente planejado o novo coronavírus, o que não é verdade - reportagem do Yahoo! Notícias já verificou peças de desinformação a respeito da origem da doença -, com o objetivo de provocar deliberadamente um colapso econômico.

Essa narrativa, que encontra eco em grupos antivacina e bolsonaristas, ganhou força durante o “apagão” do WhatsApp. Em grupos do Telegram monitorados pela reportagem, usuários impulsionaram essa ideia. Em uma das mensagens, uma pessoa diz que a instabilidade nos servidores seria a origem da grande reinicialização.

O que é o “Grande Reset”?

O “Grande Reset” foi uma proposta anunciada durante o Fórum Econômico Mundial, em junho de 2020. Na ocasião, o príncipe Charles de Gales e Klaus Schwab, chefe da organização, lançaram a iniciativa para um trabalho mais justo, sustentável e resiliente e enxergavam a pandemia de Covid-19 como uma janela de oportunidade para que as lideranças mundiais refletissem a respeito do que eles denominaram de “Grande Reset” na economia global.

"Temos uma oportunidade incrível de criar indústrias sustentáveis inteiramente novas", disse o Príncipe de Gales no vídeo de lançamento da iniciativa. "A hora de agir é agora”, completou.

Em seu site oficial, o Fórum Econômico Mundial aponta que a pandemia de Covid-19 mudou o contexto tradicional para a tomada de decisões e que esse momento histórico, de acordo com o portal, deveria ser encarado não apenas como uma crise, mas como uma oportunidade de realização de reformas econômicas e sociais estruturais. O texto diz ainda que a iniciativa "oferecerá percepções para ajudar a informar todos aqueles que determinam o estado futuro das relações globais, a direção das economias nacionais, as prioridades das sociedades, a natureza dos modelos de negócios e a gestão de um bem comum global. Com base na visão e na vasta experiência dos líderes engajados nas comunidades do Fórum, a iniciativa Great Reset tem um conjunto de dimensões para construir um novo contrato social que honre a dignidade de cada ser humano.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos