Gravação de protesto de 2013 na Avenida Paulista circula como se fosse na Bahia em 2022

Um vídeo no qual manifestantes queimam uma bandeira vermelha do Partido dos Trabalhadores (PT) foi gravado na Avenida Paulista em junho de 2013, ao contrário do que dizem publicações compartilhadas mais de 500 vezes nas redes sociais. Segundo as mensagens, que circulam desde, pelo menos, 4 de setembro de 2022, a sequência teria sido gravada na Bahia no último dia 30 de agosto, às vésperas das eleições gerais. Mas a gravação, que foi checada anteriormente pela AFP, é de 2013 e foi registrada em São Paulo, não na Bahia.

“Quem diria!!! A Bahia, curral vermelho, olha o povo tocando o terror... Brasil acordando!!! Salvador botando prá quebrar. Não passou em nenhuma televisão (nem passará). Se vc repassar pra 5 ou mais pessoas, logo logo todo o Brasil vai saber da revolta dos Brasileiros contra o pt”, diz uma das publicações compartilhadas no Facebook.

Outras postagens garantem, ainda, que a gravação é de 30 de agosto de 2022. O conteúdo também circula no Twitter e no Kwai.

Captura de tela feita em 23 de setembro de 2022 de uma publicação no Facebook ( .)

No vídeo, é possível ouvir pessoas gritando a expressão “sem partido” (1, 2), empregada durante as manifestações conhecidas como “Jornadas de Junho”, que tiveram como estopim o aumento das tarifas dos transportes públicos e os gastos com a Copa do Mundo de 2014 em detrimento dos serviços públicos.

Além disso, na gravação, muitos dos participantes pediam que outros “abaixassem a bandeira”, em referência às bandeiras de partidos políticos, e xingavam especificamente o PT, que na época estava no comando do país com Dilma Rousseff (2011-2016).

O mesmo conteúdo havia circulado anteriormente como se retratasse um protesto em abril de 2021 e já foi verificado pela AFP.

Na época, uma busca no Google pelos termos “protesto + PT + Paulista” trouxe o mesmo vídeo publicado no YouTube em 22 de junho de 2013 e intitulado: “PT expulso da Paulista!!”. Atualmente, o vídeo encontra-se indisponível, mas é possível localizá-lo no site Wayback Machine, usado para arquivar páginas da internet.

Na descrição ainda é explicado: “Encerrando a trilogia, o clima ficou tenso na Paulista. 20/6/2013. Manifestantes e membros de partidos políticos entraram em confronto”.

Comparações com fotos publicadas naquela data permitem identificar os mesmos cartazes vistos no vídeo viralizado:

Comparação feita em 23 de setembro de 2022 entre uma publicação no Facebook e uma reportagem de 20 de junho de 2013 localizada na ferramenta Wayback Machine ( .)

Comparação feita em 23 de setembro de 2022 entre uma publicação no Facebook e uma matéria de 20 de junho de 2013 ( .)