'Gravata da sorte' usada por Lula na COP27 é vendida por R$ 35 na internet

Uma peça do figurino do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva voltou a chamar a atenção nesta quarta-feira, durante discurso feito na COP27, a conferência das Nações Unidas sobre mudança do clima, que começou há 11 dias em Sharm el-Sheik, no Egito. A gravata usada pelo petista viralizou nas redes sociais.

Considerada item de sorte do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, a gravata azul marinho com listras nas cores verde e amarelo pode ser encontrada em sites de comércio eletrônico.

As peças do figurino presidencial são vendidas a partir de R$ 34,90. Pagando um pouco mais caro, o produto é enviado com frete grátis.

A gravata de Lula voltou a chamar a atenção nesta quarta-feira durante seu discurso na COP27, a conferência das Nações Unidas sobre mudanças climáticas, que começou há 11 dias em Sharm el-Sheik, no Egito.

Questionado sobre a gravata, em entrevista ao Flow Podcast, em outubro, Lula explicou a história por trás da gravata verde e amarela que havia usado dias antes em um debate contra Jair Bolsonaro.

— Aquela gravata eu ganhei quando o Brasil ganhou as Olimpíadas em Copenhague. Você pode ver que lá em Copenhague, eu estava com aquela gravata, o Pelé estava e foi uma gravata que o Comitê Olímpico deu para nós — contou Lula na entrevista. O ex-presidente disse ainda que ganhou 18 unidades do acessório.

Ao ser questionado sobre o significado, ele respondeu:

— Significa a minha pátria amada.

Nesta quarta-feira, a gravata foi tema de comentários de analistas políticos. O colunista de O GLOBO, Bernardo Mello Franco, lembrou que Lula trajava sua "famosa gravata".

"No primeiro discurso internacional como presidente eleito, Lula usa a famosa gravata verde-amarela que ganhou em 2009, em Copenhague, quando o Brasil foi escolhido para sediar os Jogos Olímpicos", escreveu.

A comentarista Ana Flor, da Globonews, chamou o acessório de "gravata da sorte".