Grávida morre após ser baleada na porta de casa em Belo Horizonte

·1 min de leitura
Mulher grávida é executada em Belo Horizonte (MG) - Foto: Reprodução/TV Globo
Mulher grávida é executada em Belo Horizonte (MG) - Foto: Reprodução/TV Globo

Uma mulher grávida, de 31 anos, morreu após ser baleada na porta de casa na terça-feira (21), na região leste de Belo Horizonte. A vítima estava com seis meses de gestação.

A mulher, que não teve o nome divulgado, foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o hospital Municipal Odilon Behrens, mas não resistiu.

Um suspeito foi apontado pela Polícia Militar como autor do crime. O homem, de 29 anos, tem passagens pela polícia como, por exemplo, falsidade ideológica, ameaça e porte ilegal de arma de fogo. Ele não foi encontrado, mas o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Testemunhas

Segundo a Polícia Militar, uma testemunha contou que viu um homem batendo na casa da vítima pedindo para ver algumas peças de roupas. Ela teria levado as roupas até a porta e, em seguida, foi baleada no tórax, abdômen e cabeça.

Além disso, a vítima tinha um filho de 15 anos. O adolescente disse à polícia que o pai do bebê não dava apoio e suporte financeiro para a mãe. O homem seria casado e o adolescente presenciou algumas discussões dela por telefone.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos