Grazi de volta? Chiara investiga e desconfia que sua mãe esteja viva em "Travessia"

Grazi Massafera e Jade Picon em
Grazi Massafera e Jade Picon em "Travessia" (Foto: Paulo Belote/Globo e Fábio Rocha/Globo)

Os próximos capítulos de "Travessia" colocarão a mãe de Chiara (Jade Picon), interpretada por Grazi Massafera, no foco outra vez. Nesta quinta-feira (10), a jovem desabafará com a sua melhor amiga sobre a possibilidade da mãe estar viva. Será?

"Tio Guerra (Humberto Martins) não falou mais nada?", questionará Júlia (Nathália Falcão). "Toda vez que eu pergunto ele finge demência! Às vezes eu penso que ela pode estar viva de tanto que meu pai e a Cidália (Cássia Kis) enrolam pra não me dizer nada...", dirá Chiara.

Débora, personagem de Grazi Massafera, morreu no primeiro capítulo da novela em um acidente de carro. As cenas foram fortes e a loira recebeu elogios do público pela sequência. Na época, internautas lamentaram a saída precoce da ex-BBB do folhetim. Atenta aos comentários, Gloria Perez deixou no ar a possibilidade de um retorno da artista. "Calma", publicou ela, dando a entender que uma reviravolta poderia acontecer.

A participação relâmpago

Na trama, Grazi interpretou a mulher de Guerra. Apesar da boa relação com o ricaço, ela o traiu com Moretti (Rodrigo Lombardi). O dono da construtora pegou os dois na cama e, por pouco, não matou a mulher.

No momento de tensão, Débora revelou que estava grávida. Comovido, o empresário a deixou escapar, mas não quis mais nenhum tipo de contato com a ex. Após uma passagem de tempo, a moça sofreu um acidente de carro e morreu. A criança, personagem de Jade Picon, ficou sob os cuidados de Guerra, que a adotou e criou com todos os mimos.

Embora a participação de Grazi tenha sido curta, a atriz revelou que passou dois meses gravando as cenas. "Vou aparecer dois dias, mas gravei dois meses. A Débora chega para causar. Eu brinco que achei ela meio Gilda. Ela vem para causar confusão entre os sócios da empresa, o Moretti e o Guerra, e desestrutura a parceria e sociedade deles", contou.