Gregg Berhalter, técnico dos EUA, é fanático por pares de tênis

Gregg Berhalter orienta a Seleção dos Estados Unidos. Foto: Brad Smith/ISI Photos/Getty Images
Gregg Berhalter orienta a Seleção dos Estados Unidos. Foto: Brad Smith/ISI Photos/Getty Images

A Seleção dos Estados Unidos estreia na Copa do Mundo nesta segunda-feira (21), contra o País de Gales, no Ahmed bin Ali, pelo Grupo B da Copa do Mundo. A marca registrada desse elenco é que seu técnico, Gregg Berhalter, esbanja o seu gosto refinado por tênis à beira do campo.

G-Dragon x Nike Air Force 1 Peaceminusone Paranoise, Jordan 4 Retro Red Thunder, Air Jordan 6 Travis Scott x Retro 'British Khaki e Nike Dunk Undftd são os modelos preferidos de Gregg Berhalter. As provas são as aparições do técnico a cada jogo do seu time nas eliminatórias e competições continentais.

Leia também:

A cada modelo utilizado desses tênis da Nike, patrocinadora oficial da seleção do seu país, Swoosh e Air Jordan, marcas derivadas da companhia, destaca-se tanto pela variedade de estilos quanto as cores. Certamente já há a expectativa de saber quais foram os modelos que Gregg levou na mala para os jogos da primeira fase do Mundial.

Detalhes que também o acompanham no seu traje dentro da área técnica são os moletons e as calças em tons escuros. Gregg tornou-se analista desse assunto, ou seja, compareceu em muitos programas em seu país local e fez referências ao tênis Air Jordan, usado pelo astro do basquete Michael Jordan no seu auge com Chicago Bulls na NBA.

Há quatro anos à frente do comando do USA Team, o treinador “fugiu” daquela visão estereotipada de treinador de futebol pelos seus pares de tênis. Gregg não poupa nenhum tipo de criatividade, mesmo com limitações impostas pela patrocinadora da Seleção Norte-Americana.

CARREIRA

Este ciclo de quatro anos de técnico com a Seleção dos Estados Unidos rendeu para Berhalter os títulos da Concacaf Nations League Winner (19/20) e a Gold Cup na temporada 2020/21. A tendência é que Gregg seja desligado do comando da Seleção da Terra do Tio Sam após o Mundial do Qatar.