Greta Thunberg é detida após protestar em mina de carvão na Alemanha

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A ativista Greta Thunberg, de 20 anos, foi detida nesta terça-feira (17) na mina Garzweiler 2, localizada na cidade alemã de Luetzerath.

Segundo a agência Reuters, Greta estava com outros ativistas detidos antes de conseguirem entrar na mina.

"Ela foi então parada e levada por nós com este grupo para fora da área de perigo imediato, para obter sua identidade", disse um porta-voz da polícia de Aachen à agência de notícias.

Uma testemunha flagrou a jovem sozinha em um ônibus da polícia.

Horas mais cedo, o grupo se reuniu no centro da cidade de Luetzerath com faixas que pediam que a expansão da mina fosse freada.